INRIMT participará de Programa de Ensaio de Proficiência em transformadores

No dia 18 de setembro de 2019, o Prof. Rafael Concatto Beltrame, Gerente Técnico do
Instituto de Redes Inteligentes setor de Média Tensão (INRIMT), participou da 16ª Reunião
da CT-Transformadores, que aconteceu no Centro de Pesquisas de Energia Elétrica (CEPEL),
na cidade do Rio de Janeiro, RJ. A reunião tratou, dentre outros assuntos, do andamento do
programa de proficiência que tem a intenção de garantir que todos os laboratórios
participantes do Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE) tenham medidas e resultados de
ensaios semelhantes, assegurando, assim, a qualidade metrológica dos mesmos.

Instituto de Redes Inteligentes Setor de Média Tensão
O INRIMT tem objetivo de solicitar a acreditação para ensaio em transformadores de
distribuição em óleo isolante ao INMETRO até o final de 2019 e será mais uma opção de
ensaio para a indústria nacional de transformadores no Programa Brasileiro de Etiquetagem
(PBE).
O laboratório possui um sistema de gestão, que foi desenvolvido pelo SGLab CT, conforme a
ABNT NBR ISO/IEC 17025. Para alcançar a acreditação, é necessário a participação no
programa de proficiência para o escopo técnico dos laboratórios. Sendo assim, com interesse
em expandir os serviços oferecidos pelo laboratório, o INRI solicitou a participação no
programa de proficiência de 2019.

Programa de Proficiência 2019
O programa é composto pelos quatro laboratórios já acreditados no Brasil e mais o INRIMT, que busca a acreditação. O funcionamento do programa acontece com a circulação
de dois corpos de prova irão circular entre os 5 laboratórios participantes. O corpo de prova é
composto por uma unidade monofásica – 15 kVA de 15 kV – e uma unidade trifásica – 45
kVA de 15 kV. Nestas amostras, oito ensaios serão realizados, sendo eles: medição de
resistência dos enrolamentos, medição de perdas em vazio, corrente de excitação e distorções
harmônicas, medição da impedância de curto-circuito e das perdas em carga, relação de
transformação, deslocamento angular, polaridade, sequência de fases e elevação de
temperatura. Cada um dos laboratórios realizará os ensaios na mesma amostra para que
posteriormente os resultados sejam enviados ao coordenador do programa de proficiência para
comparação e tratamento dos resultados obtidos. Resultados insatisfatórios podem, até
mesmo, resultar na perda da acreditação vigente ou solicitada.

Ricardo

Ricardo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.